Noronha!!!

Noronha!!!

Postado em 10. nov, 2009 by in Viagens a 2

Quem nos conhece sabe que gostamos muito de viajar. Já éramos assim antes de nos conhecermos e depois então foi literalmente juntar a fome com a vontade de comer. Pode ser praia, natureza, cidade grande ou o que for. Se tem lugar bonito ou coisas legais pra se fazer nós estamos dentro. E assim já fomos a muitos lugares legais por aí, mas Noronha merece um capítulo a parte! O que é aquele lugar?! Não adianta você ver as fotos mais bonitas e ver as imagens mais legais. A beleza de Noronha é muito maior ao vivo e merece ser vista pessoalmente. A ilha é de fato um paraíso! Ficamos 1 semaninha e acho que foi o tempo ideal. Menos do que isso é pouco, mas vamos falar sério. Se você pegar um cruzeiro e passar uma tarde que seja em Noronha, nunca mais vai esquecer.

Nosso plano era alugar uma moto porque o aluguel do bugre lá é caríssimo e a gasolina também. Aliás, tudo é caro em Noronha. Mas…. o mané que vos escreve esqueceu a carteira de motorista em João Pessoa, onde passamos alguns dias antes de ir à Noronha, dentro do documento do carro que usamos para ir a Pipa. Então, este plano foi pras cucuias, pois, acredite se quiser, Noronha tem blitz da polícia rodoviária quase todo dia e eles não estão a fim de aliviar nada. Por dica do pessoal da pousada, alugamos um bugre no primeiro dia pra dar um rolezão pela ilha, fazer um beach-tour e passamos os outros dias andando de buzão e de carona. Tranquilíssimo! O pessoal da ilha é bem cordial e até de carro-pipa nós andamos.

Uma grande dica é dormir cedo, acordar cedo e curtir o dia. Noronha não tem agitos de noite e as praias são tão fantásticas e a viagem tão única que você nem vai querer ficar dormindo até tarde. Tirando as praias mais próximas da vila, as outras não tem estrutura. Leve lanches e bastante água. Se você, assim como nós, não é um mergulhador amador nem profissional, alugue uma máscara e um pé de pato. Se não se garante muito na água acrescente aí um colete salva-vidas pra ajudar a boiar. Passamos horas e horas dentro da água, boiando pra lá e pra cá maravilhados vendo dezenas de animais marinhos. Peixes, tartarugas, arraias, moréias, polvos e tubarões. A variedade é grande e você se sente dentro de um grande aquário. Mas não dê mole. Noronha é no meio do oceano e você deve checar com os locais quais praias permitem um mergulho tranquilo na época em que você estiver lá, senão meu amigo, já era!

Então, vamos lá. Fotos!!! Aqui valeu registrar um detalhe. Fizemos esta viagem em 2004 e não tínhamos máquina digital nessa época, mas isso não é uma lamentação. Utilizei minha ótima Nikon FM2 toda manual e que faz fotos, até hoje, melhores que grande parte das digitais disponíveis no mercado. O problema é a dificuldade pra encontrar alguém que digitalize de forma decente os meus negativos, mas vamos nessa!

Pipa e Tibau do Sul

 

Noronha

Já vamos começar arrebentando. Sancho e Baía dos Porcos estão entre as praias mais bonitas do mundo “e para aquele que provar que eu estou mentindo eu tiro o meu chapéu”!

Baía dos Porcos é a menorzinha que aparece à esquerda da próxima foto e Sancho é a maior que está à direita. Para acessar o Sancho é preciso fazer uma pequena trilha que passa pelo Mirante dos Golfinhos. De lá, além de ver muitos golfinhos, também é possível ver a Ponta da Sapata. Para chegar ao Sancho você desce por uma escada de ferro no meio da rocha, o que parece meio assustador, mas é bem tranquilo de se fazer. Se você não quiser encarar esta, dá pra ir de barco pois a praia é uma das paradas dos passeios que saem do porto pelo “mar de dentro”, como é chamado o lado que fica virado para o continente. Desta trilha, você vê a Baía dos Porcos de cima da falésia, mas é possível atravessar para ela a partir Sancho por dentro da água, flutuando com a máscara, snorkel e pé de pato que você levou ou alugou. Há uma trilha que liga as duas praias também, mas na época que fomos estava fechada por causa dos deslizamentos. Não se esqueça de consultar as condições do mar. Na segunda foto abaixo, você vê uma Mabuya, que é uma espécie de lagarto que está por todo lado em Noronha, até mesmo nos quartos das pousadas. E não adianta você ficar na pousada mais cara da ilha porque mesmo assim correrá o risco de encontrar uma no seu quarto. :-)

Os morros que aparecem à esquerda são aqueles conhecidos que você vê em todas as fotos de Noronha, o Morro Dois Irmãos, mas que muita gente diz que são os peitos da Fafá. Você poderá vê-los da Baía dos Porcos ou da Cacimba do Padre, que é a praia mais à esquerda.

Nessa foto você vê a parte norte da ilha, onde ficam o porto, e do lado oposto o Buraco da Raquel e a Enseada da Caieira. O Porto de Noronha é de onde saem os passeios de barco e onde você pode alugar equipamentos de mergulho. Essa parte da ilha não tem as melhores praias, mas tem suas atrações. Para os iniciantes como nós, há um naufrágio bem pertinho do porto a uns 5 metros de profundidade. Se estiver de bobeira esperando a saída de um passeio ou mesmo com dias de sobra, vale dar uma flutuada por ali e se você for mais corajoso pode ir do porto até a Praia do Cachorro, passeio no qual dá pra ver até uns tubarões de vez em quando. Relax. Eles não vão te atacar como no filme. Vale mais uma vez ressaltar que você deve consultar as condições do mar. Em outubro, quando fomos, esse lado da ilha é tranquilíssimo, mas em outra época você pode tomar umas ondas verdadeiramente grandes na cabeça e isso não vai ser nada agradável! Outro passeio bem legal de se fazer é ir por uma trilha da Enseada da Caieira até a Praia do Atalaia, mas para isso você deve contratar um guia, pois a entrada no Atalaia é controlada. Tenha em mente que Noronha é uma ilha pequena que tem boa parte do seu território em um parque nacional. A ilha é bem cuidada, bem vigiada e malandragens não costumam ser vistas com bons olhos. A galera costuma seguir as regras e quando você aquele paraíso, percebe que vale à pena seguí-las em nome da preservação do lugar.

Praia do Leão, Baía do Sueste e Atalaia. Na lado sul do mar de fora ficam essas três praias em sequência.

A Praia do Leão tem esse nome por causa da ilha que fica em frente. Ou vice-versa, não sei. :-) O fato é que a praia é lindíssima e é local de desova das tartarugas marinhas, se não me engano, em abril. Só entramos na água nas piscinas naturais que ficam no começo e no fim da praia porque o mar estava meio assustador e fomos aconselhados a não arriscar um mergulho. Eu que não sou besta, segui a dica.

Sueste! Foi nesta simpática baía que nos hospedamos, mais precisamente da Pousada Sueste. Só existem três pousadas neste canto da ilha, sendo uma delas a famosa Pousada Maravilha, mas como não estamos com essa bola toda, ficamos em frente. É um canto meio isolado do resto da ilha, mas foi justamente por isso que eu o escolhi. Da pousada dava pra ir à pé para a praia e se estiver em época de lua cheia você pode ir inclusive à noite dar uma namorada na areia. Outra curiosidade do Sueste é que por ser uma baía, mesmo ficando no mar de fora é tranquila para se dar uns mergulhinhos e o que é mais legal, as tartarugas também gostam de lá. Passei uma tarde inteira boiando lá e perseguindo umas coitadas que já não deviam mais me aguentar. Mais uma vez, fique esperto. Chegar perto da boca da baía pode ser um adeus.

É do Sueste que você parte para Atalaia, uma praia reservadíssima, com águas bem perigosas, mas que na maré baixa mostra umas piscinas naturais lindas com dezenas de pequenas espécies. Um aquário natural delicadíssimo e por isso mesmo com entrada muito controlada pelo pessoal do Ibama. Você forma uma fila no Sueste e o Ibama vai liberando a entrada em grupos de número limitado que só podem permanecer dentro da água por 30 minutos. Um fiscal fica tomando conta e toca um apito quando acaba o tempo. E nada de protetor solar ou bronzeador ok?

Boldró, Americanos e Cacimba do Padre. É aqui que a galera do surf deita e rola no verão e ainda tem um visual maneiríssimo do Morro do Pico, o maior da ilha, e do Dois Irmãos, além de um pôr do sol inesquecível que você pode curtir da própria praia ou do alto dela, no Mirante do Forte do Boldró.

Tags: , , , , ,

One Response to “Noronha!!!”

  1. Lisa

    02. dez, 2010

    Eu nunca fui à Noronha. Todas as fotos que via pareciam ser do mesmo fotografo. Hoje consigo entender aquela antiga frase de que uma foto bem tirada nao depende apenas da maquina, das lentes ou da luz.. Parabéns pelo lindo trabalho. Realmente o seu olhar faz toda a diferença. Confesso que invejo ter fotos tão lindas em casa.

PHVsPjwvdWw+